A ASSOCIAÇÃO
PRIMEIRA PESSOA
GUIAS
NOTÍCIAS
EDITORA PÚBLICA
REDE
CONTATO
ASSOCIE-SE
LOGIN
Jeduca | Associação dos jornalistas de educação
notícia

CNE abre sessão de votação da Base, com transmissão ao vivo

07/12/2017

Entenda o que será analisado hoje e veja o perfil dos conselheiros; BNCC servirá de referência para os currículos de todas as escolas na educação infantil e no ensino fundamental

 

O CNE (Conselho Nacional de Educação) está transmitindo a sessão de análise final e votação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), documento que define o que é essencial estudantes aprenderem na educação infantil e no ensino fundamental e servirá de referência para os currículos de todas as escolas brasileiras. Acompanhe no link: http://portal.mec.gov.br/cne/transmissao

 

Segundo a assessoria do presidente do CNE, Eduardo Deschamps, a Base não foi o primeiro item da pauta. Antes os conselheiros aprovaram atas e definiram a redistribuição de um processo.

 

Logo depois de a sessão começar, Deschamps decidiu suspendê-la por 5 minutos, por volta de 11h30. O motivo foram as manifestações na plateia, que gritavam palavras de ordem contra o governo Temer. O trabalho foi retomado logo em seguida.

 

A programação da parte da sessão dedicada à BNCC começa com a leitura do parecer sobre a Base dos dois relatores, Francisco Soares e Joaquim José Soares Neto. Também foi elaborado um projeto de resolução, que define como a Base vai virar lei. Ele estabelecerá normas para a implementação da BNCC (como o prazo para entrada em vigor), que deverão ser observados pelas Secretarias de Educação de estados e municípios.

 

Esse projeto terá como adendo o documento da Base encaminhado pelo Ministério da Educação ao CNE na semana passada, com eventuais mudanças aprovadas pelos conselheiros em debates realizados desde segunda-feira.

 

Veja o Regimento do Conselho e, abaixo, o perfil resumido dos 24 conselheiros (o CNE tem ainda dois representantes do Ministério da Educação):

 

Antonio de Araújo Freitas, pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Graduação da FGV (Fundação Getúlio Vargas)

 

Antonio Carbonari Netto, fundador da Anhanguera Educacional e especialista em educação matemática

 

Arthur Roquete de Macedo, médico, ex-reitor da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e e da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas)

 

Francisco César de Sá Barreto, físico, ex-secretário de Educação Superior do MEC

 

Gilberto Gonçalves Garcia, filósofo, reitor da UCB (Universidade Católica de Brasília)

 

Joaquim José Soares Neto, físico, ex-presidente do Inep

 

José Loureiro Lopes, doutor em educação, ex-secretário de Educação da Paraíba

 

Luiz Roberto Curi, cientista social, ex-presidente do Inep

 

Márcia Ângela Aguiar, pedagoga, ex-presidente da Anpae (Associação Nacional de

Política e Administração da Educação)

 

Maurício Romão, economista, ex-secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC

 

Yugo Okida, médico e pedagogo, é vice-reitor de pós-graduação e pesquisa da Unip (Universidade Paulista)

 

Alessio Costa Lima, bacharel em Administração, preside a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação)

 

Cesar Callegari, sociólogo, preside a Comissão Bicameral da BNCC

 

Aurina de Oliveira Santana, licenciada em administração de sistema educacional e em eletricidade, é conselheira do Sistema S

 

Eduardo Deschamps, engenheiro elétrico, é secretário de Educação de Santa Catarina e presidente do Consed

 

Gersem dos Santos Luciano, líder indígena, filósofo e antropólogo, foi secretário de Educação de São Gabriel da Cachoeira (AM)

 

Ivan Cláudio Siqueira, doutor em Letras, é vice-presidente da Câmara de Educação Básica do CNE

 

Francisco Soares, doutor em Estatística e ex-presidente do Inep

 

Malvina Tuttman, pedagoga, ex-presidente do Inep

 

Nilma Santos Fontanive, pedagoga, coordena o Centro de Avaliação da Fundação Cesgranrio

 

Rafael Lucchesi, economista, diretor do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e do Sesi (Serviço Social da Indústria)

 

Suely Melo de Castro Menezes, pedagoga, presidente do FNCE (Fórum Nacional de Conselhos Estaduais de Educação) e das Faculdades Integradas Ipiranga

 

Rossielli Soares, secretário de Educação Básica do MEC, ex-secretário de Educação do Amazonas, é graduado em Direito,

 

Paulo Barone, secretário de Educação Superior do MEC, é professor de Física da Universidade Federal de Juiz de Fora

apoiadores
Itau Social
Itau
Instituto C&A 25 anos
Telefonica Fundação / Vivo
Fundação Lemann
CENPEC
Campanha Nacional pelo direito à educação
Parto Lauand
Todos pela educação
Instituto Ayrton Senna
Instituto Unibanco
Fundação Roberto Marinho
OEI
ABRAJI
Cooperação reperesentação do Brasil
JeffreyGroup
primeira pessoa