A ASSOCIAÇÃO
PRIMEIRA PESSOA
GUIAS
NOTÍCIAS
EDITORA PÚBLICA
REDE
CONTATO
ASSOCIE-SE
LOGIN
Jeduca | Associação dos jornalistas de educação
notícia

Siga mesa sobre crise política no Congresso da Jeduca

28/06/2017

Priscila Cruz e Daniel Cara debatem tema com representantes do Consed e da Undime

Acompanhe online agora no 1º Congresso de Jornalismo de Educação, promovido pela Jeduca, mesa sobre os efeitos da crise política na educação brasileira.
 

A educação em tempos de incerteza
A instabilidade política traz incertezas para todas as áreas. A educação não é exceção, mas deveria estar mais blindada por políticas de Estado. O Plano Nacional de Educação é suficiente para exercer esse papel? A constante troca de ministros nos últimos quatro anos afetou políticas públicas da área? Qual o papel da imprensa e da sociedade civil nesse cenário?


Sobre os Palestrantes

 

Priscila Cruz - Todos Pela Educação


É mestre em Administração Pública pela Harvard Kennedy School of Government. É graduada em Administração de Empresas pela FGV-SP (Fundação Getúlio Vargas) e em Direito pela USP (Universidade de São Paulo). Ajudou a fundar o Instituto Faça Parte em 2002, onde atuou como coordenadora até 2005. Foi uma das fundadoras do movimento Todos Pela Educação.


Daniel Cara - Campanha Nacional pelo Direito à Educação


É coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, bacharel em ciências sociais e mestre em ciência política. Foi membro da direção da Campanha Global pela Educação (2007-2011) e do Comitê Diretivo da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação (2009-2012). É blogueiro do UOL e venceu o Prêmio Darcy Ribeiro 2015.


Alessio Costa Lima - Undime


É presidente da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e dirigente municipal de Educação de Alto Santo/CE.


Idilvan Alencar - Consed


É secretário de Educação do Ceará e presidente do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação). Foi presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). É graduado em Engenharia Civil e mestrando em Gestão e Avaliação de Educação Pública na UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora)

 

 
Antes dessa mesa, na abertura do Congresso, os jornalistas Elizabeth Simonsen, do Chile, e Ricardo Braginski, da Argentina, falaram sobre a cobertura de educação em seus países. O Chile, líder regional nos rankings internacionais, tenta superar problemas de desigualdades educacionais e de acesso ao ensino superior. Simonsen fundou e foi editora da seção de educação do jornal La Tercera, atualmente é chefe de comunicação na Universidade do Chile. Escreveu o livro "Mala Educación", sobre o movimento estudantil e reformas educacionais no Chile.
 
 
Editor do Clarín, Ricardo Braginski diz que a Argentina tem lidado com orçamentos restritos para a educação e dificuldades pra melhorar a qualidade de ensino, situação parecida com a do Brasil. Braginski é especializado em educação, tecnologia, ciência e inovação. É professor de jornalismo digital e práticas jornalísticas e participou de programa de aperfeiçoamento na Universidade de Michigan (EUA). Participa de programas jornalísticos na TV e no rádio.
 
 
Acompanhe aqui online a programação do Congresso. Veja as outras mesas de hoje:
 

Das 14 horas às 15h30

Educação 2030: indicadores, dados e relatórios internacionais
Comparar países e seus diferentes contextos é uma tarefa que exige cuidado dos jornalistas. Onde achar dados internacionais comparáveis? Como monitorar o desenvolvimento de nações, especialmente no caso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da ONU?


Sobre os Palestrantes

 

Nihan Koseleci Blanchy - Unesco


Faz parte da equipe do Relatório Global de Monitoramento da Educação


Alejandro Vera - Unesco


Integra a equipe do UIS (Instituto de Estatística da Unesco)

 

Das 15h45 às 17h45

Como conciliar acesso e qualidade na educação infantil
Evidências científicas têm reafirmado a importância da educação infantil no desenvolvimento da primeira infância. No Brasil, ainda hoje quase 75% das crianças de até 4 anos estão fora de creches e pré-escolas. Como aliar a ampliação da oferta com uma educação de qualidade? Como avaliar essa etapa? O que podemos aprender com a experiência de outros países?


Sobre os Palestrantes


Sharon Lynn Kagan - Universidade de Columbia (EUA)


É diretora associada de Políticas no Teachers College da Universidade de Columbia, professora adjunta no Centro de Estudos Infantis da Universidade de Yale e professora na Virgínia e Leonard Marx Foundation. Autora de 225 artigos e 13 livros, trabalha com o Unicef para estabelecer padrões de aprendizado em vários países, incluindo o Brasil


Cisele Ortiz - Abebê


É psicóloga, especialista em educação infantil, professora do Instituto Singularidades, presidente da Abebê (Associação Brasileira de Estudos sobre o Bebê). É co-autora do livro “Ser Professor de Bebês: Cuidar, Educar e Brincar, Uma Única Ação” e coordenadora adjunta do Instituto Avisa Lá


Sandra Zakia - USP


É professora da USP, com doutorado em Educação no tema Avaliação de Aprendizado. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Política, Planejamento e Avaliação Educacional


Das 17h30 às 19 horas

Base Nacional: desafio de abordagem e próximos passos
A Base Nacional Comum Curricular define os conteúdos essenciais que a escola não pode deixar de ensinar. Representa uma cobertura jornalística desafiadora, por se tratar de tema técnico e que envolve processos complexos. Como a Base chega ao Conselho Nacional de Educação e quais são os próximos passos? E o que esperar da Base do ensino médio, que ganhou importância com a reforma dessa etapa?


Sobre os Palestrantes


César Callegari - CNE


É sociólogo e membro do CNE (Conselho Nacional de Educação), onde preside a Comissão de Elaboração da Base Nacional Comum Curricular. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo e secretário de Educação Básica do MEC


Cleuza Repulho - Pedadoga e consultora


É pedagoga e mestre em Educação pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Didática. Já exerceu cargos como diretora de Políticas Educacionais do MEC e presidente da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação). É consultora do Instituto Natura, da Fundação Lemann e do Laboratório de Inovação Educacional


Paulo Carrano - ANPEd


É professor associado da UFF (Universidade Federal Fluminense), onde atua na pós-graduação da Faculdade de Educação. Coordena o Observatório Jovem do Rio de Janeiro da UFF e o Portal EmDiálogo - Ensino Médio Em Diálogo. Integra a diretoria da ANPEd (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação)

 
apoiadores
Itau Social
Itau
Instituto C&A 25 anos
Telefonica Fundação / Vivo
Fundação Lemann
CENPEC
Campanha Nacional pelo direito à educação
Parto Lauand
Todos pela educação
Instituto Ayrton Senna
Instituto Unibanco
Fundação Roberto Marinho
OEI
ABRAJI
Cooperação reperesentação do Brasil
JeffreyGroup
primeira pessoa